Como montar meu primeiro negócio? 9 dicas para tirar seu sonho do papel!

Equipe Qipu

Jan/4/2021

Contabilidade Online , Contabilidade Online Qipu , Contbilidade Simples Nacional , Simples Nacional , Microempreendedor Individual

Se pergunta “como montar meu primeiro negócio”? Leia este artigo! Separamos as 9 melhores dicas para desmistificar a abertura de uma empresa.

“Como montar meu primeiro negócio” é uma das suas dúvidas neste momento? Pois saiba que você não está só! De acordo com o IBGE, apenas nos 4 primeiros meses de 2020, 700 mil novas empresas enfrentaram este desafio. 

Para te ajudar a desmistificar os processos burocráticos e estratégicos relacionados à abertura de um negócio, preparamos este artigo com 9 dicas para te explicar, de uma vez por todas, como montar seu primeiro negócio: 

  1. Defina seu nicho de atuação
  2. Estruture o modelo de negócio
  3. Crie um completo plano de negócios
  4. Entenda o mercado
  5. Destaque os diferenciais do negócio
  6. Formalize o negócio
  7. Crie um plano de marketing
  8. Teste os processos internos
  9. Mensure e avalie os resultados 

Boa leitura! 

Vantagens de ter um negócio próprio

Se “como montar meu primeiro negócio” é uma das suas dúvidas comuns, não se preocupe! Reunimos, neste bloco, algumas das vantagens de abrir e gerenciar um negócio próprio, além de dicas de habilidades essenciais para um administrador de empresas. 

Veja a seguir as principais vantagens de entender como montar seu primeiro negócio:

  • liberdade para colocar em prática planos e estratégias desenvolvidas por você;
  • autonomia na tomada de decisões;
  • gestão de tempo mais fluida e flexível;
  • possibilidade de firmar parcerias com outras empresas e fornecedores à sua escolha; 
  • possibilidade de escolha do local de trabalho (podendo até mesmo ser um modelo de trabalho remoto ou home office); 
  • oportunidade de investir naquilo em que você realmente acredita; 
  • chance de melhorar o marketing pessoal.

Viu como entender “como abrir meu primeiro negócio” pode render inúmeras vantagens à sua vida profissional? A contrapartida necessária para quem se aventura no mundo do empreendimento é o desenvolvimento de algumas características e habilidades-chave para o empreendedor. A saber: 

  • organização; 
  • capacidade de estabelecer metas SMART
  • responsabilidade; 
  • senso de dono;
  • inteligência emocional;
  • paciência; 
  • pensamento estratégico. 

Agora que você conhece as principais vantagens e habilidades essenciais para montar um negócio, que tal partirmos para a parte prática? 

Prepare-se para matar sua curiosidade e descobrir, de uma vez por todas, a resposta à pergunta “como montar meu primeiro negócio?”! 

Como montar meu primeiro negócio? 9 dicas práticas 

A seguir, você confere nossas 9 dicas essenciais para entender como montar o primeiro negócio. 

1. Defina seu nicho de atuação

Antes de qualquer outro passo, é preciso refletir sobre o nicho de atuação do negócio. 

Entendemos que, atualmente, alguns empreendimentos generalistas conseguem conquistar seu lugar ao sol e acumular volumes de vendas impressionantes a cada ano. Exemplos que não nos deixam mentir são os grandes Magazines, como o Magazine Luiza, ou os sites multimarcas, como a Privalia

Entretanto, se este é o seu primeiro negócio, que tal começar de maneira mais focada? Escolha um segmento que você domine, recorte a área de atuação da empresa e estude muito o nicho escolhido. 

Neste primeiro momento, em vez de “como montar meu primeiro negócio”, a pergunta-chave deve ser “em qual segmento eu devo investir?”. Para isso, considere variáveis como:

  • familiaridade com o nicho escolhido; 
  • possibilidades de inovação no setor escolhido; 
  • estado do mercado (saturado? aberto a novos investimentos?)
  • volume de investimento financeiro necessário para investir no setor. 

2. Estruture o modelo de negócio

Em um segundo momento, é hora de estruturar o modelo do negócio (comumente representado pelo modelo Canvas de estruturação). Estamos falando de um empreendimento com sede física? Será preciso alugar um galpão para o estoque? Ou o principal produto comercializado será um produto digital ou um serviço? 

Todas essas perguntas são fundamentais para determinar os rumos dos passos que vêm a seguir. 

Entenda o conceito de “modelo de negócio” mais a fundo assistindo ao vídeo abaixo: 


3. Crie um completo plano de negócios

Após entender com clareza o modelo do negócio, é hora de planificar o plano de ação! E, para isso, dispomos da ferramenta conhecida como plano de negócio. Ali, devem constar as análises preliminares sobre o negócio (em relação ao mercado, ao nicho de atuação e em relação a si próprio), entendimento sobre o público-alvo e por aí vai. 

Veja abaixo alguns dos itens indispensáveis para entender “como abrir meu primeiro negócio” a partir do plano de negócios: 

  • análise de cenário
  • avaliação da concorrência
  • estudo do público-alvo
  • estrutura da empresa;
  • orçamento disponível;
  • projeções de curto, médio e longo prazo.;
  • diferenciais competitivos;
  • argumentos de venda;
  • planos de ação para a produção, marketing e vendas; 
  • cronograma de atuação; 
  • resultados esperados. 

Veja como montar seu plano de negócios aqui: 


4. Entenda o mercado

Estudar o mercado não deve ser apenas uma etapa da elaboração do plano de negócios. Se você se pergunta “como montar meu primeiro negócio”, precisa saber: entender o contexto no qual seu negócio se insere é essencial. 

Para isso, dedique-se a entender as principais tendências do mercado. Participe de consultorias, eventos locais, conheça os principais players do seu segmento e entenda como eles operam. 

Consuma notícias de nível local, regional e nacional e prepare-se para encontrar o seu lugar ao Sol. 

5. Destaque os diferenciais do negócio

Para colocar o seu negócio no mercado e ultrapassar a concorrência, é essencial que ele disponha de diferenciais competitivos inegáveis. Um diferencial competitivo pode estar relacionado ao preço, mas não precisa, necessariamente, ser este. 

Sua empresa pode ser a melhor em: 

  • uso de determinada tecnologia;
  • conhecimento e credibilidade;
  • expertise em um determinado ponto; 
  • marketing e propaganda; 
  • entrega de resultados;
  • métodos inovadores;
  • atendimento ao cliente; 
  • etc. 

6. Formalize o negócio

Entendendo o negócio de forma completa, é hora da formalização. Afinal, sem isto, sua empresa não sai do plano “ideal” para o “real”. 

Na etapa da formalização, é necessário entender qual o modelo de enquadramento ideal para o seu negócio. A seguir, deixamos sugestões de leitura para alguns deles: 

MEI - Microempreendedor individual

ME - Microempresa

EIRELI - Empresa Individual de Responsabilidade Limitada

7. Crie um plano de marketing

Com a empresa formalizada, você está mais perto de sanar de vez sua dúvida de como montar seu próprio negócio. Agora, é hora de entender como fazer este negócio decolar. 

Para isso, entra em ação o marketing. 

O plano de marketing ajuda a desenhar as principais estratégias de captação de potenciais clientes e conversões de venda. 

Se seu negócio é digital, o marketing digital deve ser seu principal artifício, já que ali, no ambiente da internet, se encontram o seu público e o seu produto. 

Felizmente, o marketing digital dispõe de um leque numeroso de opções de estratégias, das mais econômicas às mais astronômicas. Para isso, é importante avaliar as opções e entender quais delas se enquadram melhor em seu modelo de negócio e orçamento. Veja a seguir algumas opções: 

  • redes sociais;
  • e-mail marketing;
  • inbound marketing; 
  • parcerias com influenciadores digitais; 
  • criação de conteúdo exclusivo para clientes; 
  • e por aí vai. 

8. Teste os processos internos

Após estruturar cada um dos itens acima, é hora de olhar novamente para dentro da empresa. Além do marketing, a clareza dos processos internos é fundamental para o sucesso do seu negócio. 

Por isso, antes de colocar o empreendimento em ação, desenhe processos de maneira completa. Pense no fluxo de venda, no prazo de entrega, nas formas de pagamento e no caminho do atendimento ao cliente. 

Se possível, documente cada um desses processos e mantenha-os disponíveis para consulta. Este material será essencial quando for a hora de escalar o negócio ou investir em uma estratégia de crescimento, contratando estagiários ou novos funcionários

9. Mensure e avalie resultados

Por fim, mas não menos importante, está a etapa de mensuração e avaliação de resultados. Se você ainda se pergunta “como montar meu primeiro negócio?”, saiba que o acompanhamento dos resultados é fundamental para determinar se seu esforço foi bem-sucedido ou se necessita de algum ajuste. 

Para uma boa mensuração de resultados, é preciso determinar indicadores (como o volume de vendas, número de clientes conquistados, clientes fidelizados e por aí vai), cruzá-los com as metas desenhadas no Plano de Negócio e conferir se os resultados batem com as metas nos intervalos de tempo pré-determinados. 

Agora sim, podemos dizer que “como montar meu primeiro negócio” deixou de ser uma dúvida para você e se tornou um desafio a ser colocado em prática! 

E para te auxiliar nesta etapa, separamos uma lista de leituras que podem ajudar em diferentes etapas do processo: 

Planejamento financeiro para micro e pequenas empresas

Gestão de notas fiscais

Aplicativos para gestão de equipes e de projetos

Não deixe de ler também

BAIXE GRÁTIS O APLICATIVO | Ou acesse a versão web

Escaneine o QR Code com seu dispositivo Android ou IOS